Infelizmente eu ainda nasci na versão 1.0.

terça-feira, 8 de setembro de 2015

Vocês sabem o que é um filme de terror?
Nunca digam que sim se nunca tiraram os dentes do siso. 
Porque se não sabem o que é ter mil instrumentos enfiados na boca ao mesmo tempo - tenho para mim que a célebre cena do Clockwork Orange é um programa da Baby TV em relação ao que vivi hoje - e ter uma broca a ecoar pelo vosso crânio adentro, vocês NÃO SABEM o que é um filme de terror.
 Começa logo quando o dentista - essa figura mítica do terror quotidiano - nos olha para a radiografia e começa a profetizar que se avizinham maus tempos, mas nós havemos de ser fortes e havemos de superá-los. 
 É tudo mentira. O que ele quer dizer é "tens o caralho dos dentes enterrados junto ao crânio e virados para todas as direcções da rosa dos ventos, vou suar praqui a tirar-te isto e vais ter dores que te vão fazer chamar-me nomes durante uma semana". 
 E depois continua a saga.
 Ficam a escaranfunchar na boca durante meia hora até que finalmente dizem "Pronto já está" - já está... já está o dente cá fora, né? "Agora é só tirar o dente" então e durante este tempo estivemos só a fazer o aquecimento?
 Demora muito para o ser humano evoluir para uma versão da espécie que já não traga estes dentes que não servem para nada?

4 micoses:

marie disse...

Acabei por não ir porque o dia em que fui a Trafalgar Square foi logo o primeiro e tive que voltar ao hostel mais cedo para fazer um check in. Mas lembrei-me imensas vezes! O autocarro que apanhei quase todos os dias (o 24) passava mesmo na rua à frente de St Martin, uma vez passei lá porque ia a Camden, outra para o British Museum... grrr. Mas obrigado pela tua dica, a sério. Quando paguei 5 pounds num Pret a Manger por uma mistela de massa, bróculos e queijo só pensava "nooooooooooo, whyyy". Mesmo com o meu planeamento todo, houveram dois dias não planeados e olha, deu nisso. :) visitei a igreja de St Paul, mas não reparei se tinha também cantina. A que gostei mais de ver foi a Westminister Cathedral, mas acho que essa não tinha mesmo. :s de resto, a minha alimentação foi à base de grandes piqueniques com coisas compradas no Tesco e no Sainsbury's. Acabou por ficar barato, mas não experimentei a alimentação mesmo típica inglesa, tirando uns hamburgueres no pub do hostel.

marie disse...

Ah, e não sei que versão sou, mas tenho os quatro dentes do siso e não preciso de os arrancar porque nunca me deram dores nem entortam os restantes. Hoohoo! Para compensar, há uns cinco anos tive que arrancar um molar e livrai-nos senhor. Além das dores que tive antes de o tirar, todo o processo durante e depois... sensação mais entranha que existe. Nem imagino o que é tirar quatro, mas boa sorte com isso. :)

*Nightwish* disse...

Eu ainda não tirei os meus. Enquanto não derem problemas, vão ficar por cá, mas não tenho muita fé que durem muito tempo...
Já passei um mau bocado quando coloquei o aparelho, mas nem quero pensar quando tiver que tirar os sisos. Há pessoas que me dizem que não dói nadinha, outras que pensaram que iam morrer. Aliás, a mesma pessoa me disse que teve essas duas experiências com dentes diferentes.
Socorro. Nem quero saber. Fico com os dentes todos e acabou! xD
***

maria mestre disse...

Os meus já cá estão a crescer, fui ontem ao dentista e ela disse-me que vamos deixá-los ficar, vamos evitar o sofrimento enquanto não me derem dores (ao menos foi sincera comigo e já falou em sofrimento). Só espero que não me dêm dores , quando isso começar tenho que me mentalizar que chegou a hora h de os tirar e se já não gosto de dentistas, então com um ali a arrancar-me dentes passo-me.
Beijinhos.
http://mariacrescida.blogspot.pt/
http://mariasemlimites.blogspot.pt/

Enviar um comentário

Copyright © 2010 Comichão Psicológica | Free Blogger Templates by Splashy Templates | Layout by Atomic Website Templates